Feeds:
Posts
Comments

Posts Tagged ‘São Paulo’

damien_rice

“Agora só falta o Damien Rice. E eu tenho certeza que ainda vou escrever aqui no blog sobre um show dele. Ahh, pode esperar!”

A frase acima eu escrevi em 10 de novembro de 2007, no meu antigo blog, quando contava sobre o show do Matt Costa, que tinha acabado de acontecer. Eu sempre fui fã do Damien, e assistí-lo ao vivo era algo que eu sempre sonhava, mas que achava um tanto impossível, levando em conta a fama dele no Brasil, que até então não era muita. Mas com uma ajudinha da Globo e suas trilhas de novela e do Seu Jorge e da Ana Carolina, com sua linda (ironia mode on) “É Isso Aí”, ele se tornou mais conhecido por aqui e fez o momento pelo qual eu mais esperava, real. Agora eu posso escrever que sim, eu fui no show do Damien Rice e ouvi aquela voz linda e perfeita ao vivo.

O grande momento aconteceu no dia 30 de janeiro, no Citibank Hall, em São Paulo. O público era bem dividido: muitos jovens com seus pais, alguns sozinhos e outros em grupos, o que provou minha tese de que o Damien não tem um público alvo certo, pelo menos não aqui no Brasil. Mas se você quer saber, isso fez do show um tanto divertido, porque era nítida a diferença de opiniões da platéia: enquanto alguns queriam cantar juntos, outros mandavam um belo “shhh!” porque queriam ouvir somente a voz do Damien, ou então reclamavam quando alguém pedia música. Mas tudo isso só mostra a qualidade e o talendo do cantor irlandês, que além de atrair públicos diferentes, ainda sabe lidar com eles. Ou alguém acha que o Damien reclamou em algum momento? Nadinha!

Alguns dias antes do show, quando os ingressos já haviam se esgotado, foi divulgado que o Damien viria sozinho, apenas com seu violão, sem banda. Ou seja, o som seria acústico. De primeira isso me desanimou. Estava ansiosa para ouvir o violino em Delicate, ou então a bateria em Volcano, mas lógico que nada me faria desistir de vê-lo ao vivo. Hoje, após o show, a única coisa que posso dizer é: Banda pra quê? Só aquela voz maravilhosa e o talento que ele tem no violão já bastam. E eu ficaria alí, ouvindo ele cantar, por mais uns 2 dias no mínimo, se fosse preciso.

E com vocês, alguns dos trechos mais bonitos do show, quando ele canta  The Blower’s Daughter e Delicate, respectivamente:

Depois dessa, só um pedido: Damien, volta!

Advertisements

Read Full Post »

Eu nem contei aqui, mas há cerca de uns 10 dias, eu achei o Le-mode, um site gringo sobre moda, cultura e etc. Design bonito, posts legais, enfim, me interessei. No mesmo dia, então, mandei um e-mail para um dos editores do site, falando que eu tinha curtido bastante e queria participar de alguma forma. O cara pediu alguns textos meus em inglês para ver se eu tinha condições de escrever pra eles, eu mandei, nós tivemos algumas conversas via e-mail e, no dia seguinte, recebi a confirmação de que eu estava dentro do projeto. YEEY! Fiquei mega feliz, é claro, pois essa seria uma forma legal de desenferrujar praticar meu inglês. Desde então, já escrevi alguns posts pra eles, e tenho me divertido bastante com isso.

contrle-mode

Essa semana, por exemplo, fui gravar para o site um vídeo na rua Oscar Freire, já que essa é a rua mais famosa de São Paulo quando se trata de moda e glamour. Calorzão dos infernos, auge do aquecimento global, lá estava eu, andando pra lá e pra cá com a câmera na mão em plena manhã de terça-feira. Pra minha sorte, a rua não estava lotada como costuma estar nos finais de semana, então meu único problema no dia era, sem dúvida alguma, a temperatura e o solzão queimando minha cabeça. Fora isso, foi bem divertido. Curioso pra ver o vídeo? Bem, já vou avisando pra não criar muitas expectativas. Como a ideia era de “transportar” os leitores gringos para uma caminhada na rua, eu filmei enquanto andava mesmo, por isso ele está um tanto quanto “movimentado”, se é que me entende. Também tive que acelerá-lo um pouco para o “passeio” não ficar muito monótono. Enfim, assista com seus próprios olhos.

Yey!

Read Full Post »