Feeds:
Posts
Comments

Posts Tagged ‘Moleskine’

moleskine-types

Eu não lembro exatamente quando o conheci. Sei que faz uns 3 anos, mais ou menos, e desde então, ter um Moleskine era algo que eu queria muito. Como qualquer produto importado, na época tal caderno/agenda/bloco custava uma pequena fortuna no Brasil, e por isso vi na minha viagem ao Canadá a melhor oportunidade para adquiri-lo – coisa que não me doeu muito, mas que me deixou muito feliz no dia em que eu, 21 dólares mais pobre, finalmente peguei nas mãos o MEU primeiro e  tão desejado caderno.

Eu sei que muita gente não vê graça neles, afinal, uma capa lisa preta (também há em outras cores, porém a preta é a tradicional) realmente não tem nada de especial. Mas não é só por sua beleza “exterior” que o Moleskine atrai e encanta tanta gente no mundo inteiro. Uma das principais razões para isso é sua história – e seus famosos e importantes (e bota imortantes nisso) usuários que ele já teve nesses últimos séculos (sim, séculos!). E é aí que eu explico o título deste post: Vincent Van Gogh, Pablo Picasso, Ernest Hemingway, e Bruce Chatwin foram algumas das pessoas que, assim como eu (tadã!) já rabiscaram em folhas Moleskine. Ahhh vai dizer que isso não é o máximo!?

moleskine11

Os meus! Caderno (eu colei os adesivos), agenda 2009, e um mini Moleskine para anotações

O bom é que existem Moleskines para todos os gostos. Há edições para músicos (com folhas para partituras), jornalistas (sabe aquele formato “em pé”, que repórteres usam? então), viajantes (há edições de várias cidades do mundo, com mapas de metrô, espaço para anotações de restaurantes, lojas, museus, etc), para desenho, agendas, pequenos, grandes, pautados, lisos, enfim. Tem Moleskine pra todo mundo. 

Passeando pelo Flickr, encontrei a My Moleskine, galeria que reúne imagens de gente que, assim como eu, é louca por ele. Lá as pessoas mostram seus cadernos e o que já escreveram/desenharam neles. É lindo! Dá pra passar horas olhando foto por foto.

Pra quem quiser saber mais, recomendo uma visita ao site oficial (www.moleskine.com). Além de contar com a história do caderno, também tem informações sobre cada edição. 

Acho que agora já dá pra entender o porque do meu amor por eles, né! Moleskine, I Love You ;-)

Read Full Post »